Na Hipocrisia do mundo você se descobre,
e, se encontra, quando vive um grande amor
Vicente Alencar

terça-feira, 22 de agosto de 2017

O TEMPO E O POETA / Toni Ferreira


O TEMPO E O POETA
                        Toni Ferreira

Velho poeta que não sente a idade

E busca inspiração para outros versos,

Sonhados em pureza e bondade

Num mundo de matizes tão diversos!


Personificação do bom caráter,

Homem de embates todos divididos

Entre a dedicação à terra mater

E à família em dias bem sofridos.


O saber é a tua arma em lutas

Diárias em prol da dignidade

Numa sociedade conturbada.


Varão que nunca foges das disputas

E procura na vida a lealdade,

Buscando a paz na terra já tombada!

Oração Contra Assaltos

ACADEMIA CEARENSE DE POESIA
FUNDADA EM 05 DE NOVEMBRO DE 2004
Fortaleza - Ceará - Brasil




Oração Contra Assaltos

Meu Deus. Jesus Cristo Pai de todos nós, iluminai
mais um pouco as mentes de pessoas desclassificadas
de amor, atenção e respeito. Todos nós, precisamos da Proteção Divina. Um ser humano não pode se transformar
em fera para prejudicar as outras pessoas. Contra bandidos e assaltos, nós cremos em vós, na sua força para que tudo se normalize. Em nome de Deus, Amém. 

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

INSTITUTO BRASILEIRO DE DIVULGAÇÃO LITERÁRIA 21 ago 2017

INSTITUTO BRASILEIRO DE DIVULGAÇÃO LITERÁRIA
Fundado em 01 de Março de 2009
Rua Afonso Celso, 395. CEP:  60140-190.
Fortaleza - Ceará - Brasil
Elevando a Prosa e o Verso no Brasil

21 de Agosto de 2017.
Colaboradores:
- Fernando de Alencar.
- Assis Mendonça Neto.
- Jovino nunes de Alencar.
- Margarida Alencar.
- Sérgio Bomfim.
- Ângelo Barreto.
- Izete de Alencar.
- Silvio dos Santos.
- Celina Freitas.
- Victor Nunes.
Coordenaçao: Vicente Alencar.


MEMÓRIA DE MÁRIO GOMES
Almir Gomes de Castro
Médico e Poeta

Cata o sonho o Bardo pela rua,
conta a louca destreza o afortunado.
Cada grito do hospício relembrado,
levou consigo a praça como sua.

Vislumbre do ascendente pedestal.
em gestos colheu dores de repente.




DEMOCRACIA É TOLERÂNCIA

DEMOCRACIA É TOLERÂNCIA

Democracia é, entre outras coisas, tolerância. Mas não ilimitada. Democracia não tolera a intolerância. Noruega e Alemanha sabiamente tipificaram como crime as manifestações neonazistas, incluindo o racismo, o antissemitismo e demais condutas antissociais supostamente escudadas em valores morais. Em boa hora o Brasil também criminalizou as condutas citadas. Agressões não devem ser toleradas. Manifestações públicas que incorram nos crimes citados são apologia da ilicitude. Devem ser reprimidas pelo Estado. Particulares, individualmente ou em grupos, na forma de movimentos políticos ou sociais que chamem a si a persecução penal, usurpando a prerrogativa do Ministério Público, incorrerem no exercício arbitrário das próprias razões, nos termos do ordenamento jurídico brasileiro, capitulado no Código Penal.
Nos EUA, em nome da liberdade de expressão, a Constituição, conforme a interpretação da Suprema Corte, assegura a todos o direito de manifestar suas ideias políticas, inclusive nazistas, racistas, antissemitas e o que mais houver. É um erro tolerar a intolerância. Cabe ao legislador norte americano corrigi-lo. Não cabe, todavia, aos particulares, individualmente ou em grupo, nas associações e movimentos políticos ou sociais, reprimir a intolerância racista, nacionalista, religiosa, política ou de qualquer espécie, chamando a si a tarefa que deveria ser do Estado. A privatização do poder de polícia não consta do cardápio político nem do mais convicto dos liberais. A inconformidade política não pode se expressar pela violência, ainda que arrimada na mais justa das inconformidades.
Nos EUA nazista e racista ganharam as ruas. Inconformados, conscientes de que não se pode tolerar a intolerância, organizações políticas e sociais partiram para o enfrentamento. Foi a privatização do poder de polícia o caminho da radicalização. Foi uma repetição dos atos de inconformidade diante dos resultados eleitorais das últimas eleições presidenciais americanas. É, ainda, a repetição da conduta expressa no refrão “na lei ou na marra”, usado no Brasil por quem se acha certo e se inclina pelo uso da força e a ruptura institucional quando contrariado. Manifestações neonazistas, racistas e assemelhadas são casos de polícia. Não podem nem devem ser combatidas por movimentos sociais ou políticos.
Porto Alegre, 17 de agosto de 2017

Rui Martinho Rodrigues

HUGO PINHEIRO INFORMA:

Jornalista Vicente Alencar
Fortaleza-CE

A  maior "desgraça" que pode acontecer no Ceará é se o  DNOCS  deixar que seus inimigos consigam "tomar" os 
principais açudes administrados por esse importante órgão público.

Como sempre, estarei em defesa do DNOCS e vigilante contra esses "atos ilícitos" dessa gente que quer acabar 
com o que pertence ao DNOCS.


Cordialmente:
Hugo Moreira Pinheiro
Aposentado/DNOCS

convite da SADE


sexta-feira, 18 de agosto de 2017

POSSE DO CHANCELER EDSON QUEIROZ NETO

Confrades,
 
Há um pequeno ruído na informação abaixo, atribuída às redes sociais. Tomará posse na dignidade de Membro Benemérito da ACLJ, na noite do próximo dia 31, o Dr. Edson Neto, sucedendo ao Chanceler Airton Queiroz.
 
Ele fora aclamado para a sucessão da sua ilustre avó, a saudosa Dona Yolanda, mas, com a intercorrência do falecimento do seu pai o Dr. Edson Neto foi habilitado para cumprir a sucessão dele, razão pela qual transferiu-se à Dra. Paula o honroso múnus de suceder à própria mãe.
 
Contudo, comunicada oficialmente, por via epistolar, a Dra. Paula Queiroz ainda não nos respondeu confirmando aceitar a honraria, de modo que alimentamos a expectativa de poder lhe dar posse como Membro Benemérito em solenidade própria, no próximo mês de novembro, na hipótese de que até lá ela manifeste a sua disposição de receber a láurea deferida.
 
Sendo uma instituição que cultua a virtuosa deuterose, desde a Sessão da Saudade em memória do jornalista Edilmar Norões, em que foi sumariamente proposto e eleito para ocupar a sua cadeira o filho e também jornalista Paulo César, consolidou-se a tradição de aclamar um sucessor consanguíneo, desde que vocacionado, para suprir a vacância de cada cadeira e de cada título vitalício.
 
Cordialmente,
 
Reginaldo Vasconcelos

Sobre a Campanha de Livros no Terça ConVerso


 
 

Amigos, lembrem-se que nossa campanha de doação de livros, com apoio de entidades como a UBE RJ, ABRAMES, AFL, ALAB, ABD e ACLAL, está em pleno vapor. 
 
 
Informação dos endereços, dos pontos de recolhimento das doações dos livros, no Rio de Janeiro, ou, o endereço para envio por Correios pelo e-mail: contato@redesemfronteiras.com. br. 

As doações também podem ser entregues por meio de nossos Colunistas e Parceiros Oficiais!!

Não fiquem de fora e participem também!! 😉👍 
 
Mais informações sobre o projeto:
 
Não há limite de distância para quem quer colaborar. Como prova, é com enorme alegria e gratidão que compartilhamos com vocês as doações dos generoso amigos que já estão fazendo parte, como fundadores das "Bibliotecas Sem Fronteiras de Língua Portuguesa", desta importante campanha que levará nossas produções para o mundo:
 
 
 
Doação de Carmen Hussem - SP
 
 
Doação de AJEB - São Paulo
 
 
Doação de Ivanilde Morais de Gusmão - PE
 
 
Doação de Isis Berlink Renault - RJ
 
 
Doação de Lindair Amaral - AL
 
 
Doação de Oneida Maria Di Domenico - RS
 
 
 
 
 
Divulgou:
 

NOTÍCIAS DO TURISMO - NEWSLETTER ​BRASILEIROS AFIRMAM QUE NORDESTE É A REGIÃO QUE MAIS APROVEITA O POTENCIAL TURÍSTICO - DIRETO DA REDAÇÃO



​​
BRASILEIROS AFIRMAM QUE NORDESTE É A REGIÃO QUE MAIS APROVEITA O POTENCIAL TURÍSTICO


Barra de São Miguel - Alagoas

Estudo encomendado pelo Ministério do Turismo revela que oito em cada dez brasileiros acreditam que o potencial turístico de nosso País é de médio para muito alto, mas 59,8% entendem que esse potencial não é aproveitado de forma adequada. Novamente, para os entrevistados, o Nordeste desponta como a região que mais aproveita seu potencial (39,6%). Em segundo lugar aparece o Norte e Centro-Oeste (32,7%), seguido do Sudeste (32,3%) e Sul (20,1%).

​​
Leia essa e outras notas em minha página
​ 
www turismo on line
​​
​​
,​
 clicando neste
​ link:
​ 

PRÊMIOS DA DIRETORIA UBE RJ 2017


A UNIÃO BRASILEIRA DE ESCRITORES – UBE RJ é uma associação civil de natureza cultural, além de entidade jurídica de direito privado, sem fins lucrativos e sem vinculações sectárias, filosóficas, políticas ou religiosas e de número ilimitado de associados, com foro e sede na cidade do Rio de Janeiro/ RJ, Rua Teixeira de Freitas, nº 5, 3º andar, sala 306, Centro/Lapa. CEP: 20.021-350. A admissão de associados - satisfeitas as disposições estatutárias - ficará a critério da respectiva Diretoria sem distinção de sexo, raça, cor, nacionalidade ou profissão, desde que os mesmos sejam autores de obras de cunho literário, jornalístico, científico ou cultural.
A UBE RJ poderá manter seções nas capitais dos estados, assim como em outras regiões ou cidades do país.
A UBE RJ visa amparar os direitos literários, intelectuais, morais e patrimoniais de seus associados, representando-os quando necessário.
A UBE RJ através de seus concursos e premiações tem reconhecido talentos literários e divulgado novos escritores.

                                                                                                                           
PRÊMIOS DA DIRETORIA UBE RJ 2017
A premiação será na Festa de Encerramento da UBE RJ 2017,
no dia 8 de novembro, no Instituto Cravo Albin.  
Enviaremos por e-mail / carta em 30 de agosto de 2017.
 ANA MARIA PEREIRA/ RJ - Prêmio Maura de Sena Pereira - Poesia - “AS PALAVRAS SOPRAM”, 2016.
BEGOÑA MONTES ZÓFIO/ ESPANHA - Prêmio Geir Campos - Poesia - “PASSAGEM DE VOLTA”, (bilíngue), 2016.
BENEDITO VASCONCELOS MENDES RN- Prêmio Orígenes Lessa - “HISTÓRIA DA MINHA VIDA PROFISSIONAL”, 2016.
DIANA GUENZBURGER/ RJ - Prêmio  Mauritônio Meira - Conto - “O FANTASMA DE PAQUETÁ (E OUTRAS HISTÓRIAS)”, 2015.
DOMÍCIO PROENÇA FILHO/RJ-Prêmio Astrogildo Pereira - Crítica/ 
Crônica-“LEITURA DO TEXTO, LEITURA DO MUNDO”, 2016. 
EDSON MONTEIRO/ RJ - Prêmio Moacyr Werneck de Castro - Biografia -“BIOGRAFIA DO SENADOR JARBAS MARANHÃO”, 2016.
ELINALVA ALVES/CE-Prêmio Stella Leonardos-livro 
infantil-“O CORAJOSO MENINO TORNA-SE PRÍNCIPE NA CIDADE LUZ”,2016.
ELIZABETH GONTIJO/ MG - Prêmio Almeida Cousin - Poesia - “MARCAS D’ÁGUA”, 2016.
EVANILDO BECHARA/ RJ e RICARDO CAVALIERE/ RJ (Editores) - Prêmio Celso Cunha - língua portuguesa –
 “CONFLUÊNCIA, Revista do Instituto de Língua Portuguesa”.
FABIO CUPERTINO MORÍNIGO/ RJ - Prêmio Evaristo de Morais 
 - Historiador - “HFSE PROSSEGUE”, 2016.
GASTÃO RÚBIO DE SÁ WEYNE/ SP - Prêmio Dias da Costa - Poesia - “MEUS SONETOS LUSÓFILOS”, 2016.
GILBERTO MENDONÇA TELES/ RJ-Prêmio Rodrigo Octávio - Poesia -“O TERRA A TERRA DA LINGUAGEM”, 2016.
GISLENO FEITOSA/ PI - Prêmio Malba Tahan - “MEDIQUÊS”, 2015.
IGOR FAGUNDES/ RJ - Prêmio Afrânio Coutinho - Ensaio/ Crítica - “POÉTICA NA INCORPORAÇÃO - MARIA BETHÂNIA, JOSÉ INÁCIO VIEIRA DE MELO E O OCIDENTE NA ENCRUZILHADA DE EXU”, 2016.
ÍTALO SUASSUNA/RJ-Prêmio João 
Condé-Memorialista -“JOÃO CABRAL DE MELO NETO-O OUTRO FIO DA FACA”,2015.
JÔ MENDONÇA/ PB - Prêmio Rodrigo Octávio Filho - Poesia - “POESIAS CANTAM”! , 2016.
LEANDRO FERNANDES/ PI - Prêmio Eduardo Tourinho – poesia - "palavra 
SERtão", 2017.
LUIZA LOBO/ RJ - Prêmio Umberto Peregrino - CONJUNTO DA OBRA.
LYDIA SIMONATO/ RJ - Prêmio Alice Leonardos da Silva Lima - Poesia - “DITOS POR NÃO DITOS”, 2016.
MANOEL HERCULANO/ RJ - Prêmio Raul Pedroza - Poesia - “Ô DE CASA - RIO MARANHÃO”, 2016.
MARCELO MOURÃO/ RJ - Prêmio 
Murillo Araújo - Poesia - “MÁQUINA MUNDI”, 2016.
MARINA G. T. PARANHOS/ RJ - Prêmio Moacyr Félix - CONJUNTO DE OBRA ACADÊMICA.
NÉLIDA PIÑON/ RJ - Prêmio Jorge Amado - CONJUNTO DA OBRA.
REILA GRACIE/ RJ - Prêmio Peregrino Júnior - Biografia - “CARLOS GRACIE - O CRIADOR DE UMA DINASTIA”, 2016.
TÂNIA ZAGURY/ RJ - Prêmio Zora Seljan - CONJUNTO DE OBRA NA EDUCAÇÃO.
TATIANA ALVES SOARES CALDAS/ RJ - Prêmio Saldanha Coelho - CONJUNTO DA OBRA.
TEREZA CUSTÓDIO/ CE - Prêmio Permínio Ásfora – Romance - “BÁLSAMO”, 2017.
Juçara R. V. Valverde, presidente UBE RJ, Rio de Janeiro, 1 de agosto de 2017.
Sede: Rua Teixeira de Freitas 5, Sala 303, Centro/Lapa, 20.021-350 - Rio de Janeiro, RJ.
ENDEREÇO POSTAL: União Brasileira de Escritores RJ - Angela Guerra - 1ª Secretária UBE RJ
Av. Lineu de Paula Machado, 1006, apto 803, Jardim Botânico, Rio de Janeiro/ RJ, CEP 22470-040.