Na Hipocrisia do mundo você se descobre,
e, se encontra, quando vive um grande amor
Vicente Alencar

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

ACADEMIA CEARENSE DE POESIA - 16/10/2017

ACADEMIA CEARENSE DE POESIA
Fundada  em  05  de  Novembro  de  2004
Fortaleza - Ceará - Brasil


16 de Outubro de 2017.
Segunda-feira.


NOTAS


1-
Nesta segunda-feira começando exatamente às 19 horas a realização da grande noite musical intitulada A ERA DE OURO DA MPB (10ª Edição) numa promoção de Rose e Mauricio Benevides, bem como Wilka Hempel.

Todos os Convidados terão acesso ao auditório da CDL - Câmara dos Diretores Lojistas (Rua 25 de Março, 882, com amplo estacionamento) portando uma lata de leite ou um brinquedo para crianças.

Tudo o que for arrecadado será doado ao Lar Amigos de Jesus que é dirigido pela Irmã Conceição que trabalha com crianças pacientes e carentes. 

O CD "Paisagem de Amor" será repassado a todos os colaboradores que estiverem presentes, e, ao final será servido um coquetel.

Vários interpretes cearenses e músicos habilidosos estarão presentes. Inclusive prestando uma homenagem ao  cantor cearense Fernando Hugo, recentemente falecido.



2-
 A Associação de Jornalistas e Escritoras do Brasil - AJEB
promoverá nesta Terça-feira, dia 17 de Outubro uma Sessão Especial para homenagear nomes da Cultura Cearense.

Receberão o título de Sócio Honorário às seguintes
personalidades:

- LIMA FREITAS - Presidente da Academia de Letras dos Municípios do Estado do Ceará - ALMECE.

- EDYR ROLIM - Conselheira da Socieade Amigas do Livro - SAL.

- JOSÉ AUGUSTO BEZERRA - Presidente da Associação Brasileira de Bibliófilos-ABB.

- BATISTA DE LIMA - Da Academia Cearense da Língua Portuguesa e das Academia Cearense de Letras.

- ÂNGELA GUTIERREZ - Da Academia Cearense de Letras.

A presidente da AJEB, Desembargadora Gizela Nunes da Costa comandará a reunião que começará exatamente às 9 horas e 30 minutos, tendo como local a sede da Academia Cearense de Letras, Rua do  Rosário, 1 (Palácio da Luz).

LEIA E PRESTIGIE OS AUTORES CEARENSES.


3-
Dentro das comemorações dos seus 40 anos de casamento   com a Sra. Chaguinha Silveira Martins o escritor Abílio Martins, recepcionou seus amigos ao meio dia de sábado no Náutico Atlético Cearense. 

Na oportunidade aconteceu o lançamento do seu livro CACOS SUBLIMES que ganhou saudação do professor Valdemir Mourão, Presidente da Academia Ipuense de Letras, Ciências e Artes-AILCA. 

Abílio Martins que já foi Presidente da entidade contou com a presença de um grande número de amigos da Capital e do interior. 


MOTO - A MORTE SOBRE DUAS RODAS - CUIDADO!


4-
O escritor cearense Diogo Fontenelle (Academia de Letras e Artes do Nordeste - ALANE) está com um novo livro na Praça.

Ele vem de editar "BRINCANDO DE POESIA" com ilustrações de Fabrício Alencar.

Trata-se de uma obra de literatura infantil que ele ofereceu a sua sobrinha-neta Laís Gabriele.

ACADÊMICO - COLOQUE EM DIA SUAS MENSALIDADES
COM A SUA ENTIDADE.

5- 
As 16 horas desta terça-feira na Casa de Juvenal Galeno (Rua General Sampaio, 1128-Centro) mais uma reunião  da Sociedade Cearense de Geografia e História.

Todos os membros titulares são convidados para se fazerem presentes.


CONJUNTO NOVA ASSUNÇÃO NO BAIRRO GRANDE BARRA DO CEARÁ PERMANECE COM TOTAL INSEGURANÇA. O POLICIAMENTO É FALHO. MOTORISTAS DE TAXI EVITAM CORRIDAS APÓS AS 19 HORAS. LAMENTÁVEL.

VIVEMOS UM PAÍS ONDE TODOS TEMOS SOMENTE DUAS 
ATIVIDADES: PAGAR IMPOSTOS E RECLAMAR!

CUIDADO:
A Rua Carlos Vasconcelos, na Aldeota, depois da colocação da Via para bicicletas ficou ainda mais perigosa. 

Ao parar no sinal (semáforo) mantenha os vidros de seu carro fechados e tanha muita atenção. 

É grande o número de LADRÕES. Todo cuidado é pouco pois não existe policiamento suficiente para proteger o Cidadão.

E lembre-se: no Ceará o BANDIDO é muito mais importante que o Cidadão (aquele que paga impostos).

Assim pensa a maioria de nossas Autoridades e pessoas ligadas aos Direitos Humanos!

Não desligue! Nos estamos abandonados!


O RELÓGIO Vicente Alencar

O RELÓGIO
Vicente Alencar
(Da Academia de Letras e Artes do Nordeste-ALANE).

O Relógio da minha vida
marcou grandes momentos
 e horas cheias de nós dois.
Marcou minutos de felicidade,
de sorrisos e alegrias.
Marcou inesquecíveis instantes
em que desfrutamos o amor.

O Relógio da minha vida
marcou o brilho da noite
vindo da lua cheia,
o perfume das  flores
em românticos momentos
 e o canto dos pássaros
em nossos corações.

Glorioso Brasil - Gonzaga Mota

Glorioso Brasil
A Divina Comédia é um poema épico e teológico da literatura mundial, escrita pelo italiano Dante Alighieri(1265-1321). É formado por três partes: inferno, purgatório e paraíso, relatando em versos a história da conversão do pecador a Deus. É claro que nossa intenção, neste pequeno texto, é estimular o leitor a ler a obra de Dante e fazer uma analogia com o que vem ocorrendo nos últimos anos no Brasil e em muitas regiões do mundo. Jamais teria a audácia de em 22 linhas analisar o mencionado poema, que é apresentado em centenas de páginas. Todavia, Dante percorreu, na imaginação, o inferno e o purgatório acompanhado por Virgílio, escritor de Eneida no século I a.C., representando a Sabedoria Humana, e, ao lado da mulher amada Beatriz(Sabedoria Divina), percorreu o paraíso. Em síntese, Dante passou por lugares do pecado e da purificação e alcançou o reino da beatitude, ou seja, foi do inferno ao paraíso. Não desejamos tanto, para o mundo e para o Brasil. Mas almejamos, compatibilizando razão e fé, alcançar padrões de vida compatíveis com uma situação onde prevaleçam a paz, a correção comportamental, a ética, a justiça, enfim o amor. Particularmente, o nosso querido Brasil está atravessando uma crise sem precedentes. Não estamos discutindo e debatendo os reais problemas do povo. Porém, casos bizarros relacionados com determinadas pessoas e grupos. O Brasil sempre deverá ser democrático, com governos em que o povo exerça a soberania. As elites brasileiras, em todos os setores de atividade, precisam ler e interpretar, se possível, A Divina Comédia para que se encontre um contexto sem corrupção, justo e glorioso.
Gonzaga Mota
Professor aposentado da UFC
13/10/2017

Abertura do I Seminário Internacional Scientific American Brasil Ciência e Sociedade

SCIAM: CIÊNCIA E SOCIEDADE
Abertura do I Seminário Internacional Scientific American Brasil Ciência e Sociedade
Evento discute temas polêmicos e necessários no momento que estamos vivendo. A quem interessa o descrédito da ciência? Quais os interesses políticos e econômicos por trás do negacionismo científico? Quais os riscos para a democracia que eles embutem? Saiba como os treze debatedores se posicionaram quanto às questões colocadas.
SCIAM: CIÊNCIA E SOCIEDADE
Quem tem medo do pensamento científico?
Para responder a essa pergunta polêmica, a Scientific American Brasil reuniu o psicólogo, escritor e historiador da ciência norte-americano Michael Shermer; o biólogo, arqueólogo e antropólogo Walter Neves, da USP; e o físico e Acadêmico Paulo Artaxo , membro do IPCC, professor da USP e um dos pesquisadores brasileiros mais citados no mundo.
SCIAM: CIÊNCIA E SOCIEDADE
A ciência que não se afirma
A segunda sessão do I Seminário Internacional Scientific American Brasil: Ciência e Sociedade já trazia a polêmica no título e reuniu para o debate os Acadêmicos Helena Nader , da Unifesp; Jefferson Cardia Simões , da UFRGS e Fernando de Castro Reinach , ex-professor da USP e colunista do Estadão, além da diretora do CIB, Adriana Brondani.
SCIAM: CIÊNCIA E SOCIEDADE
Ciência e mídia: exemplos inspiradores
Simpósio da Scientific American reuniu jornalistas de ciência com experiências diversas: Álvaro Pereira Jr, do Fantástico; Alexandra de Almeida, da Pesquisa Fapesp; Mônica Teixeira, do Canal USP; Herton Escobar, do Estadão; Natália Pasternak, do Pint of Science e o youtuber Pirula.


Cientistas levam ‘Carta aos Parlamentares Brasileiros’ ao Congresso
Mais de 40 entidades científicas e acadêmicas de todo o país estão em Brasília e realizam ato público para pressionar o governo a aumentar o orçamento previsto para 2018. Eles também reivindicam o descontingenciamento de recursos de 2017 para ciência, tecnologia e educação pública superior.
Marcha pela Ciência reúne cerca de mil pessoas na Avenida Paulista
Pela terceira vez no ano, pesquisadores e estudantes protestaram contra os cortes no orçamento do MCTIC. A pasta deve receber este ano apenas 20% do necessário para fechar as contas. Confira a cobertura realizada pelo Estadão e pela Folha de SP.
Ciência enfrenta crise de legitimidade em âmbito mundial
Matéria da Agência Fapesp comenta debate promovido pelo jornal Folha de São Paulo, o Acadêmico e diretor científico da Fapesp Carlos Henrique de Brito Cruz fala sobre a crise de legitimidade da ciência no quadro atual do país e do mundo.
Parceria academia, empresa e governo em CT&I é tema de seminário
O IV Simpósio de Ciência, Tecnologia e Inovação da Marinha do Brasil será realizado no Centro de Convenções Rebouças, em São Paulo, nos dias 30 e 31 de outubro. Inscrições gratuitas.
UFRGS promove Seminário em Neurociências
O encontro acontece nos dias 20 e 21 de novembro, no Auditório Mario Rigatto, na Faculdade de Medicina da universidade. O evento é organizado pelo membro afiliado da ABC Marcelo de Oliveira Dietrich .
A mineração sob nova ótica
Em artigo publicado no Diário de Cuiabá, o engenheiro, geólogo e superintendente do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) de Mato Grosso Serafim Melo cita o livro da ABC "Recursos Minerais no Brasil – Problemas e Desafios".
 

Acompanhe os próximos eventos da ABC
 
 
 

Notícias da ABC é um informativo periódico da Academia Brasileira de Ciências.
Contato: nabc@abc.org.br
Responsável: Elisa Oswaldo-Cruz

BIG BROTHER BRASIL Autor: Antonio Barreto

BIG BROTHER BRASIL

Autor: Antonio Barreto,


Cordelista natural de Santa Bárbara-BA, residente em Salvador.
                                Curtir o Pedro Bial
                               E sentir tanta alegria
                               É sinal de que você
                               O mau-gosto aprecia
                               Dá valor ao que é banal
                               É preguiçoso mental
                               E adora baixaria.

                               Há muito tempo não vejo
                               Um programa tão ‘fuleiro’
                               Produzido pela Globo
                               Visando Ibope e dinheiro
                               Que além de alienar
                               Vai por certo atrofiar
                               A mente do brasileiro.

                               Me refiro ao brasileiro
                               Que está em formação
                               E precisa evoluir
                               Através da Educação
                               Mas se torna um refém
                               Iletrado, ‘zé-ninguém’
                               Um escravo da ilusão..

                               Em frente à televisão
                               Lá está toda a família
                               Longe da realidade
                               Onde a bobagem fervilha
                               Não sabendo essa gente
                               Desprovida e inocente
                               Desta enorme ‘armadilha’.


                               Cuidado, Pedro Bial
                               Chega de esculhambação
                               Respeite o trabalhador
                               Dessa sofrida Nação
                               Deixe de chamar de heróis
                               Essas girls e esses boys
                               Que têm cara de bundão.

                               O seu pai e a sua mãe,
                               Querido Pedro Bial,
                               São verdadeiros heróis
                               E merecem nosso aval
                               Pois tiveram que lutar
                               Pra manter e te educar
                               Com esforço especial.

                               Muitos já se sentem mal
                               Com seu discurso vazio.
                               Pessoas inteligentes
                               Se enchem de calafrio
                               Porque quando você fala
                               A sua palavra é bala
                               A ferir o nosso brio.

                               Um país como Brasil
                               Carente de educação
                               Precisa de gente grande
                               Para dar boa lição
                               Mas você na rede Globo
                               Faz esse papel de bobo
                               Enganando a Nação.

                               Respeite, Pedro Bienal
                               Nosso povo brasileiro
                               Que acorda de madrugada
                               E trabalha o dia inteiro
                               Dar muito duro, anda rouco
                               Paga impostos, ganha pouco:
                               Povo HERÓI, povo guerreiro.

                               Enquanto a sociedade
                               Neste momento atual
                               Se preocupa com a crise
                               Econômica e social
                               Você precisa entender
                               Que queremos aprender
                               Algo sério – não banal.

                               Esse programa da Globo
                               Vem nos mostrar sem engano
                               Que tudo que ali ocorre
                               Parece um zoológico humano
                               Onde impera a esperteza
                               A malandragem, a baixeza:
                               Um cenário sub-humano.

                               A moral e a inteligência
                               Não são mais valorizadas.
                               Os “heróis” protagonizam
                               Um mundo de palhaçadas
                               Sem critério e sem ética
                               Em que vaidade e estética
                               São muito mais que louvadas.

                               Não se vê força poética
                               Nem projeto educativo.
                               Um mar de vulgaridade
                               Já tornou-se imperativo.
                               O que se vê realmente
                               É um programa deprimente
                               Sem nenhum objetivo.

                               Talvez haja objetivo
                               “professor”, Pedro Bial
                               O que vocês tão querendo
                               É injetar o banal
                               Deseducando o Brasil
                               Nesse Big Brother vil
                               De lavagem cerebral.

                               Isso é um desserviço
                               Mal exemplo à juventude
                               Que precisa de esperança
                               Educação e atitude
                               Porém a mediocridade
                               Unida à banalidade
                               Faz com que ninguém estude.

                               É grande o constrangimento
                               De pessoas confinadas
                               Num espaço luxuoso
                               Curtindo todas baladas:
                               Corpos “belos” na piscina
                               A gastar adrenalina:
                               Nesse mar de palhaçadas.

                               Se a intenção da Globo
                               É de nos “emburrecer”
                               Deixando o povo demente
                               Refém do seu poder:
                               Pois saiba que a exceção
                               (Amantes da educação)
                               Vai contestar a valer.

                               A você, Pedro Bial
                               Um mercador da ilusão
                               Junto a poderosa Globo
                               Que conduz nossa Nação
                               Eu lhe peço esse favor:
                               Reflita no seu labor
                               E escute seu coração.

                               E vocês caros irmãos
                               Que estão nessa cegueira
                               Não façam mais ligações
                               Apoiando essa besteira.
                               Não deem sua grana à Globo
                               Isso é papel de bobo:
                               Fujam dessa baboseira.

                               E quando chegar ao fim
                               Desse Big Brother vil
                               Que em nada contribui
                               Para o povo varonil
                               Ninguém vai sentir saudade:
                               Quem lucra é a sociedade
                               Do nosso querido Brasil.

                               E saiba, caro leitor
                               Que nós somos os culpados
                               Porque sai do nosso bolso
                               Esses milhões desejados
                               Que são ligações diárias
                               Bastante desnecessárias
                               Pra esses desocupados.

                               A loja do BBB
                               Vendendo só porcaria
                               Enganando muita gente
                               Que logo se contagia
                               Com tanta futilidade
                               Um mar de vulgaridade
                               Que nunca terá valia.

                               Chega de vulgaridade
                               E apelo sexual.
                               Não somos só futebol,
                               baixaria e carnaval.
                               Queremos Educação
                               E também evolução
                               No mundo espiritual.

                               Cadê a cidadania
                               Dos nossos educadores
                               Dos alunos, dos políticos
                               Poetas, trabalhadores?
                               Seremos sempre enganados
                               e vamos ficar calados
                               diante de enganadores?

                               Barreto termina assim
                               Alertando ao Bial:
                               Reveja logo esse equívoco
                               Reaja à força do mal…
                               Eleve o seu coração
                               Tomando uma decisão
                               Ou então: siga, animal…

                               FIM

                               Salvador, 20 de fevereiro de 2011.

JORNALISTAS-POETAS 16-10-2017. 2a feira

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE JORNALISTAS POETAS
Fundada em 10 de Junho de 2004
- Nossos valores para todo o mundo -

AGENDA


17 de Outubro: AMANHÃ - 3ª FEIRA.

Reunião da Sociedade Cearense de Geografia e História.
Local: Casa de Cultura Juvenal Galeno.
Horário: 16 horas.


17 de Outubro: AMANHÃ - 3ª FEIRA.

Reunião da AJEB - Associação de Jornalistas 
e Escritoras do Brasil - AJEB.
Local: Academia Cearense de Letras.
Horário: 9 horas e 30 minutos.

MOTO - A MORTE SOBRE DUAS RODAS!

 
ACABAR COM O RÁDIO AM É CALAR O BRASIL
(Os Coveiros do Brasil desde 14 de novembro de 2015 anunciaram que o Rádio AM vai acabar. mas não vai não, de maneira alguma.)
 
 
LEIA E PENSE - REFLITA SE VOCÊ É GENTE:
Os Diabéticos do Brasil, a grande maioria está morrendo a míngua principalmente no Ceará. São 14 por cento de Diabéticos confirmados e a grande maioria é pobre, alguns ganham apenas um salário mínimo. 
 
Não tem dinheiro para comprar remédios nem pagar Consultas Médicas. Grite, fale, reclame, peça a construção do Hospital do Diabético para nossa terra. 
 
São 14 por cento de pacientes que não podem pagar.
não tem dinheiro para sobreviver e precisam ser bem tratados, pois também são humanos, feitos de carne, osso e sangue como você. Sabia disso?
 
Eu já bradei no Rádio e em todas as reuniões que participo. o HOSPITAL DO DIABÉTICO já possui um prédio enorme, com salas (antigas celas) dependências, telhado, piso, água, energia, estacionamento enorme. Precisa somente ser adaptado para ser um hospital.
 
Trata-se do antigo e desativado INSTITUTO PENAL PAULO SARASATE o IPPS. Ali já temos 70 por cento construído. Os 30 por cento apenas para transformar o mostrengo num hospital. 
 
O Governador Camilo Santana precisa ser informado sobre isso, bem como seu Secretário de Saúde. Sabe-se que pacientes dão despesas, mas ocorre que são Cidadãos e Cidadãs, e,  não podem continuar sofrendo como estão.
 
O HOSPITAL DO DIABÉTICO precisa ser construído. É apenas uma questão de boa vontade.
 
Repito: o Governador do Estado precisa ser avisado que o prédio do IPPS tem tudo para ser adaptado. Depois é contratar especialistas médicos, enfermeiros e todo o quadro necessário. O Ceará precisa dar bom exemplo, não esqueçam!
 
 
ATENÇÃO!
Leia e prestigie os autores nordestinos - eles existem e escrevem muito bem.

 
ATENÇÃO!
Consulte o Blog "Em passos lentos, chego lá"
do Campeão de Vida  Fernando Antonio Freire de Holanda
 
 
 
                       O POETA
                  Vicente Alencar
     (Sócio Correspondente da UBE
       do Rio de Janeiro no Ceará).
 
       Não peça ao poeta
       para falar de amor.
       - Ele está mergulhado     
       no poço da saudade.
 
       Há um amor quieto
       que continua a crescer.
 
       Todo o encantamento
       do ontem, 
       que continua hoje.
 
       Não peça ao poeta
       para falar de amor.
 
       Ele é o próprio
       apaixonado.
 
 
 ATENÇÃO!
A Academia Cearense da Língua Portuguesa e o Curso de Português Professor Marcelo Braga estão com inscrições abertas para o CURSO DE LATIM.
 
Será ministrado pelo Professor CAJUAZ. O telefone de contatos: (85) 3268.3694.
 
 

  
Direção-Editor: Vicente Alencar.

Editora-Adjunta: Margarida Alencar.

Coordenação: EMANUELA CAVALCANTI e ALESSANDRO RAMALHO.
 
* Leia e prestigie os Autores Brasileiros.